Pesquisar e

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Análise e Crítica dos livros: A Cabana e As mentiras que nos contaram sobre Deus





Leia abaixo na forma de perguntas e respostas algumas questões tiradas dos dois livros:


1- A cabana ensina que Deus é uma mulher ou que Deus tem forma humana?

Argumentos contra o livro:

Deus não pode ser representado na forma humana? Rm 1:22-23
Deus é espírito. Jo 4:2
Resposta aos críticos:

1-O livro não diz que Deus é um homem!! Mas que se manifestou assim por causa do relacionamento do personagem com seu pai terreno, que era espancador

— Mackenzie, eu não sou masculino nem feminina, ainda que os dois gêneros derivem da minha natureza. Se eu escolho aparecer para você como homem ou mulher, é porque o amo. Para mim, aparecer como mulher e sugerir que você me chame de Papai é simplesmente para ajudá-lo a não sucumbir tão facilmente aos seus condicionamentos religiosos. Ela se inclinou, como se quisesse compartilhar um segredo. — Se eu me revelasse a você como uma figura muito grande, branca e com aparência de avô com uma barba comprida, simplesmente reforçaria seus estereótipos religiosos. É importante você saber que o objetivo deste fim de semana não é reforçar esses estereótipos....— Não é verdade que você sempre teve dificuldade para me ver como um pai? Depois do que passou, não fica nada fácil lidar com um pai, não é? 87-88
 ...Lembre-se, Mackenzie, que por natureza eu não sou um ser humano, apesar de termos escolhido estar com você neste fim de semana....p. 185
"... Toda a sua família chama Deus de Papai? — Não — respondeu Mack rindo. — As crianças às vezes chamam, mas eu não me sinto confortável com isso. Parece um pouco familiar demais para mim. De qualquer modo, Nan tem um pai maravilhoso e, por isso, acho que é mais fácil para ela" p. 42
 Mas duas mulheres e um homem? E nenhum deles era branco? Mas por que ele havia presumido que Deus seria branco? Sabia que sua mente estava divagando, por isso concentrou-se na pergunta que mais queria ver respondida. p. 81
2- Deus Pai se manifestou depois não como uma negra grande e gorda, mas como um homem.
'O homem parado junto dele se parecia um pouco com Papai: digno, mais velho, magro e mais alto do que Mack. O cabelo muito branco estava preso num rabo-de-cavalo, e o bigode e o cavanhaque eram grisalhos. Camisa xadrez com mangas enroladas, jeans e botas de caminhada completavam a vestimenta de alguém pronto para pôr o pé na trilha.
— Papai? — perguntou Mack.
— Sim, filho. "
 Mack balançou a cabeça.
— Ainda está brincando comigo, não é?
— Sempre — disse ele com um sorriso. E, respondendo à pergunta seguinte de Mack antes que ela fosse feita:
— Nesta manhã você vai precisar de um pai. Vamos indo.". 207-208 
3-Deus se manifestou de forma temporária em diversas formas (Isto se chama TEOFANIA)

  • pomba  -
Lucas 3:22  e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.
  • homem-
1 ¶ Apareceu o SENHOR a Abraão nos carvalhais de Manre, quando ele estava assentado à entrada da tenda, no maior calor do dia.
2  Levantou ele os olhos, olhou, e eis três homens de pé em frente dele. Vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro, prostrou-se em terra
3  e disse: Senhor meu, se acho mercê em tua presença, rogo-te que não passes do teu servo;
 4  traga-se um pouco de água, lavai os pés e repousai debaixo desta árvore;
 5  trarei um bocado de pão; refazei as vossas forças, visto que chegastes até vosso servo; depois, seguireis avante. Responderam: Faze como disseste.
 6  Apressou-se, pois, Abraão para a tenda de Sara e lhe disse: Amassa depressa três medidas de flor de farinha e faze pão assado ao borralho.


 7  Abraão, por sua vez, correu ao gado, tomou um novilho, tenro e bom, e deu-o ao criado, que se apressou em prepará-lo.
8  Tomou também coalhada e leite e o novilho que mandara preparar e pôs tudo diante deles; e permaneceu de pé junto a eles debaixo da árvore; e eles comeram.

9 ¶ Então, lhe perguntaram: Sara, tua mulher, onde está? Ele respondeu: Está aí na tenda.10  Disse um deles: Certamente voltarei a ti, daqui a um ano; e Sara, tua mulher, dará à luz um filho. Sara o estava escutando, à porta da tenda, atrás dele.
11  Abraão e Sara eram já velhos, avançados em idade; e a Sara já lhe havia cessado o costume das mulheres.
12  Riu-se, pois, Sara no seu íntimo, dizendo consigo mesma: Depois de velha, e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?13  Disse o SENHOR a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha?

  • fogo
Ex 3:2  Apareceu-lhe o Anjo do SENHOR numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia.

3  Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima?
4  Vendo o SENHOR que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui!
5  Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa.
6  Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.
14  Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros.
etc. 
Conclusão:
Deus pode, se ele desejar, se manifestar como ele quiser.
Assim não constitui heresia essa obra de ficção mostrar Deus se manifestando como mulher negra, homem do oriente médio ou uma mulher asiática.
De fato o autor desmistifica o preconceito contra negros, mulheres, e asiáticos


2- A cabana ensina que Jesus não é Deus?

Resposta:
Não. 
Ela cita em outras palavras o texto de Fp 2:6 e outros que mostram que Jesus não fazia uso de sua onipotência, mas decidiu depender do Espírito Santo

Fp 2:6  Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus.
7  Pelo contrário, ele abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano,
8  ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte—morte de cruz.
9  Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nele o nome que é o mais importante de todos os nomes,

Atos 10:38  como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele;


Lucas 4:18  O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos

O livro diz:
— Ainda que por natureza Jesus seja totalmente Deus, ele é totalmente humano e vive como tal. Ainda que jamais tenha perdido sua capacidade inata de voar, ele opta, momento a momento, por ficar no chão. Por isso seu nome é Emanuel, Deus conosco, ou Deus com vocês, para ser mais exata. — Mas... e todos os milagres? As curas? Ressuscitar os mortos? Isso não prova que Jesus era Deus... você sabe, mais do que humano? — Não, isso prova que Jesus é realmente humano. — O quê? — Mackenzie, eu posso voar, mas os humanos, não. Jesus é totalmente humano. Apesar de ele ser também totalmente Deus, nunca aproveitou sua natureza divina para fazer nada. Apenas viveu seu relacionamento comigo do modo como eu desejo que cada ser humano viva. Ele foi simplesmente o primeiro a levar isso até as últimas instâncias: o primeiro a colocar minha vida dentro dele, o primeiro a acreditar no meu amor e na minha bondade, sem considerar aparências ou conseqüências.
— E quando ele curava os cegos? — Fez isso como um ser humano dependente e limitado que confia na minha vida e no meu poder de trabalhar com ele e através dele. Jesus, como ser humano, não tinha poder para curar ninguém.p. 94


3- A Cabana ensina a comunicação com os mortos?? Espiritismo?

Não.
1-Em primeiro lugar Mack segundo o próprio livro teve as experiências (do fim de semana com Deus) após o acidente de carro, ou seja, enquanto estava inconsciente no hospital, logo não houve contato real
Sem qualquer ritual nem cerimônia, eles saborearam o pão quente, compartilharam o vinho e riram lembrando os momentos mais estranhos do fim de semana. Mack sabia que o tempo havia acabado, que era hora de voltar e pensar num modo de contar tudo a Nan....No cruzamento seguinte o sinal ficou vermelho e ele parou. Estava cansado, mas em paz e estranhamente empolgado. .. Sentia-se ansioso para encontrar sua família, especialmente Kate. Perdido em pensamentos, simplesmente passou pelo cruzamento quando o sinal ficou verde. Não viu o outro motorista avançando o sinal vermelho da transversal. Houve apenas um clarão luminoso e depois nada, a não ser silêncio e escuridão. Numa fração de segundo o jipe vermelho de Willie foi destruído, em minutos chegaram o resgate dos bombeiros e a polícia e em horas o corpo ferido e inconsciente de Mack foi entregue pelo resgate aéreo no Hospital Emmanuel em Portland, Oregon. p. 224-225
 Num determinado ponto, Mack por fim entendeu que ficara inconsciente durante quase quatro dias depois do acidente terrível em Joseph. Nan deixou claro que ele tinha de dar muitas explicações, mas por enquanto estava mais concentrada em sua recuperação do que na necessidade de respostas. De qualquer forma, sua memória estava envolta numa névoa e, mesmo que ele pudesse recordar alguns pedaços, não conseguia juntá-los de modo a fazer sentido.
 Lembrava-se vagamente de ter ido à cabana, mas depois disso as coisas ficavam turvas. Nos sonhos, as imagens de Papai, Jesus, Missy brincando junto ao lago, Sophia na caverna e a luz e as cores do festival na campina voltavam como cacos de um espelho quebrado. Cada uma era acompanhada por ondas de deleite e alegria, mas ele não sabia se eram reais ou uma alucinação provocada por colisões entre neurônios danificados e os remédios que percorriam suas veias.228
 Subitamente tudo fez sentido quando sua mente começou a ligar os pontos e preencher os detalhes: o bilhete, o jipe, a viagem à cabana e cada acontecimento daquele glorioso fim de semana. As imagens e as lembranças começaram a jorrar de volta tão poderosamente que ele sentiu que elas seriam capazes de arrancá- lo da cama e levá-lo para fora deste mundo. Enquanto se lembrava, começou a chorar.229
 Enquanto ela falava, Mack pensou que era realmente estranho sofrer um acidente logo depois de passar um fim de semana com Deus. O aparente caos aleatório da vida. Não era assim que Papai tinha dito? Então ouviu Nan dizer que o acidente havia acontecido na noite de sexta-feira. — Não foi no domingo? — perguntou. — Claro que não! Foi na noite de sexta-feira que trouxeram você para cá de helicóptero. As palavras dela o confundiram e por um momento ele se perguntou se os acontecimentos na cabana teriam sido apenas um sonho. "Talvez fosse um daqueles deslocamentos temporais de Sarayu", pensou. p. 230-231


2- Na narração dos eventos do fim de semana com Deus o livro diz que ocorreram visões sobrenaturais ("deslocamentos temporais") como um sonho em que nós mesmos temos experiências com pessoas mortas ou vivas, animais ou lugares:
Quando abriu os olhos, Mack teve de protegê-los imediatamente de uma luz muito intensa que o ofuscou. Depois ouviu algo. — Você vai achar muito difícil olhar diretamente para mim — disse a voz de Sarayu — ou para Papai. Mas, à medida que sua mente se acostumar às mudanças, será mais fácil. Ele estava parado no mesmo lugar onde fechara os olhos, mas a cabana havia sumido, assim como o cais e a carpintaria. Estava ao ar livre, no topo de uma pequena colina, sob um céu noturno brilhante mas sem lua. Podia ver as estrelas em movimento, ...Era como se o tempo tivesse se tornado dinâmico e volátil, juntando-se à imagem celestial aparentemente caótica, mas administrada com precisão. 
Mack sentiu-se maior do que a vida, como se pudesse estar presente em todas as partes. Dois filhotes de urso brincavam ao pé da mãe e, de onde estava, Mack, sem pensar, estendeu o braço para tocá-los. Recolheu-o de volta, espantado ao perceber que também chamejava. Olhou as mãos maravilhosamente esculpidas e claramente visíveis dentro da cascata de cores de luz que parecia cobri-las como luvas. Examinou o resto do corpo e descobriu que a luz e a cor o envolviam completamente. Uma veste de pureza que o revestia de liberdade e decência. Também percebeu que não sentia dor, nem mesmo nas juntas geralmente doloridas. Na verdade, nunca havia se sentido tão bem, tão inteiro. Sua cabeça estava límpida e ele respirava profundamente os perfumes da noite e das flores. Uma alegria delirante e deliciosa cresceu por dentro, e ele flutuou lentamente no ar, retornando suavemente ao chão. "É como se eu voasse em um sonho", pensou...Sem uma palavra, os três se viraram e retornaram para a cabana, que de novo se tornara visível para Mack. Como uma cortina sendo puxada sobre seus olhos, de repente a visão voltou ao normal. Ele teve uma sensação de perda e de ansiedade e chegou a ficar um pouco triste, até que Jesus se aproximou, pegou sua mão e apertou-a para assegurar que tudo era como devia ser  p. 199- 206
3- Até mesmo a narrativa em que ele no sonho tem uma visão da filha no campo com os outros filhos vivos (que estão sonhando)  não houve contato real
O silêncio da caverna foi subitamente rompido pelo som de risos de crianças. Parecia vir de uma das paredes que agora Mack podia ver claramente à medida que a sala continuava a clarear. Enquanto olhava naquela direção, a superfície da pedra foi ficando cada vez mais translúcida e a luz do dia penetrou na caverna. Espantado, Mack olhou pela névoa e finalmente conseguiu vislumbrar as formas vagas de crianças brincando à distância. — O som parece ser dos meus filhos! — exclamou perplexo. Enquanto ia em direção à parede, a névoa se dividiu, como se alguém tivesse aberto uma cortina, e ele estava inesperadamente olhando para uma campina, na direção do lago. Na sua frente estava o pano de fundo das montanhas nevadas, perfeitas em sua majestade, vestidas com florestas densas. E, aninhada ao pé, a cabana onde ele sabia que Papai e Sarayu estariam à sua espera. Um riacho largo surgia bem à sua frente e desaguava no lago junto de campos de flores. Os sons de pássaros estavam em toda parte e o perfume doce do verão pairava intenso no ar....a menos de 50 metros dali. Viu seus filhos: Jon, Tyler, Josh e Kate. Mas espere! Havia mais alguém!...
 — Ah, meu Deus! Missy! — gritou Mack e tentou avançar através do véu que os separava. Para sua consternação, bateu contra a força que não lhe permitia chegar mais perto, como se algum magnetismo aumentasse em oposição ao seu esforço, mandando-o de volta para a sala. — Ela não pode ouvi-lo. Mack não se importava. — Missy! — gritou. Ela estava tão perto! A lembrança que estivera se esforçando tanto para não perder, mas que sentia lentamente se esvair agora, saltou de volta. Procurou algum tipo de maçaneta, como se pudesse abrir alguma coisa e encontrar um modo de chegar à filha. Mas não havia nada....— Ela pode me ver? Ela sabe que estou aqui? — perguntou desesperado. — Ela sabe que você está aqui, mas não pode vê-lo. Do lado onde se encontra, Missy está olhando para a linda cachoeira e nada mais. Porém sabe que você está atrás dela.p. 156-158

 — Ela estava muito empolgada esperando este dia para brincar com os irmãos e a irmã e estar perto de você. Ela gostaria que a mãe também estivesse aqui, mas isso terá de esperar outra ocasião. Mack se virou para a mulher. — Meus outros filhos estão realmente aqui? — Estão e não estão. Só Missy está realmente aqui. Os outros estão sonhando e cada um terá uma vaga lembrança, alguns com mais detalhes do que outros. Este é um momento muito pacífico de sono para cada um, menos para Kate. Este sonho não será fácil para ela. Mas Missy está totalmente acordada....
 Nesse momento alguém chamou o nome de Missy e Mack reconheceu a voz. A menina gritou de prazer e começou a correr em direção aos outros. De repente parou e correu de volta para o pai. Fez o gesto de um grande abraço e, com os olhos fechados, simulou um grande beijo. De trás da barreira ele a abraçou também. Por um instante ela ficou totalmente imóvel, como se soubesse que estava lhe dando um presente. Depois acenou, virou-se e correu para os outros. E agora Mack pôde ouvir claramente a voz que havia chamado sua Missy. Era Jesus brincando no meio de seus filhos. Sem hesitar, Missy pulou no colo dele. Ele girou-a no ar duas vezes antes de colocá-la de volta no chão, depois todo mundo riu e saíram procurando pedras lisas para jogar ricocheteando na superfície do lago. Os sons de exuberante alegria eram uma sinfonia nos ouvidos de Mack e suas lágrimas correram livremente.p. 159
Conclusão:
Mack teve aquelas experiências com Deus (no fim de semana) depois de seu acidente que ocorreu na sexta feira, quando estava inconsciente.  E assim definitivamente foram experiências em algo como um sonho.

4- A cabana ensina o Patripassionismo?Ao afirmar que o Pai sofreu com Cristo?
Não. 
1-O patripassionismo é unicista, não crê em três pessoas na divindade. Crê que o Pai, Jesus e o Espírito Santo são apenas três modos de manifestação da única pessoa de Deus.
Os monarquistas propriamente chamados (Modalistas) exageraram a unicidade do Pai e do Filho de modo a torná-los apenas uma Pessoa. Assim, as distinções na Santíssima Trindade são energias ou modos, não Pessoas : Deus, o Pai, aparece na Terra como Filho ; Daí, pareceu aos seus oponentes que os monárquicos fizeram sofrer e morrer o Pai. No Ocidente, eles eram chamados de Patripassianos , enquanto que no Oriente são geralmente chamados Sabellianos . O primeiro a visitar Roma foi provavelmente Praxeas , que passou a Carthage algum tempo antes de 206-208; Mas ele aparentemente não era na realidade um heresiarca, e os argumentos refutados por Tertuliano um pouco mais tarde em seu livro "Adversus Praxean" são, sem dúvida, os dos monárquicos romanos (ver PRAXEAS .Chapman, J. (1911). Monarchians. In The Catholic Encyclopedia. New York: Robert Appleton Company. Retrieved August 23, 2017 from New Advent:  http://www.newadvent.org/cathen/10448a.htm
2- O livro refuta o modalismo:
"— Mas que diferença faz o fato de haver três de vocês e que todos sejam um só Deus? É isso mesmo? — É, sim. — Ela riu. — Mackenzie, faz toda a diferença do mundo! — Ela parecia estar gostando daquilo. — Não somos três deuses e não estamos falando de um deus com três atitudes, como um homem que é marido, pai e trabalhador. Sou um só Deus e sou três pessoas, e cada uma das três é total e inteiramente o um".
 ...— O importante é o seguinte: se eu fosse simplesmente Um Deus e Uma Pessoa, você iria se encontrar nesta Criação sem algo maravilhoso, sem algo que é essencial. E eu seria absolutamente diferente do que sou. — E nós estaríamos sem...?... Amor e relacionamento. Todo amor e relacionamento só são possíveis para vocês porque já existem dentro de Mim, dentro do próprio Deus. O amor não é a limitação. O amor é o vôo. Eu sou o amor.p. 95
"Quando ela terminou houve silêncio, e depois Deus, todos os três, disseram simultaneamente: — Amém "p. 221
3- O livro na verdade ao colocar as marcas da crucificação no Pai, quer dizer que ele sofre com Jesus, pois a Trindade teria se encarnado em Jesus ou que de alguma forma o Pai sofreu com Jesus, mas isso ainda não é Modalismo.
 Papai não respondeu, apenas olhou para as mãos dos dois. O olhar de Mack seguiu o dela, e pela primeira vez ele notou as cicatrizes nos punhos da negra, como as que agora presumia que Jesus também tinha nos dele. Ela permitiu que ele tocasse com ternura as cicatrizes, marcas de furos fundos, e finalmente Mack ergueu os olhos para os dela. Lágrimas desciam lentamente pelo rosto de Papai, pequenos caminhos através da farinha que empoava suas faces.
— Jamais pense que o que meu filho optou por fazer não nos custou caro. O amor sempre deixa uma marca significativa — ela declarou, baixinho e gentilmente. — Nós estávamos lá, juntos. p. 90
— Quando nós três penetramos na existência humana sob a forma do Filho de Deus, nos tornamos totalmente humanos. Também optamos por abraçar todas as limitações que isso implicava. Mesmo que tenhamos estado sempre presentes nesse universo criado, então nos tornamos carne e sangue. Seria como se este pássaro, cuja natureza é voar, optasse somente por andar e permanecer no chão. Ele não deixa de ser pássaro, mas isso altera significativamente sua experiência de vida.p. 93
Apenas Jesus se fez homem, e continua homem e Deus.
Colossenses 2:9  porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade.
 1 Tm 2:5  Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,

4- Na verdade o livro quis mostrar que Deus não é um Deus distante, mas que se compadece do homem, se importa com o homem e que a encarnação de Jesus seria o equivalente a Deus Pai ou o Espírito Santo se encarnar
"Entretanto, o argumento do texto não é que o Pai era o Filho na cruz, mas que o Pai sofreu com o Filho na Cruz" (Encontre Deus na Cabana. Randal Rauser, São Paulo: Planteta, 2010, p. 136

5- A cabana ensina heresia ao dizer que Jesus não foi abandonado na cruz?




6- A Cabana prega o anarquismo e é contra o casamento?
Não. Veja abaixo:
— Você não gosta muito de religião e de instituições? 
— perguntou Mack, sem saber se estava fazendo uma pergunta ou uma afirmação.
 — Eu não crio instituições. Nunca criei, nunca criarei.
 — E a instituição do casamento?
 — O casamento não é uma instituição. É um relacionamento. 
— Jesus fez uma pausa e retomou, com a voz firme e paciente: — Como eu disse, não crio instituições. Essa é uma ocupação dos que querem brincar de Deus. Portanto, não, não gosto muito de religiões e também não gosto de política nem de economia. — A expressão de Jesus ficou notavelmente sombria.
 — E por que deveria gostar? É a trindade de terrores criada pelo ser humano que assola a Terra e engana aqueles de quem eu gosto. Quantos tormentos e ansiedades relacionados a uma dessas três coisas as pessoas enfrentam! p. 170

Nós respeitamos cuidadosamente as suas escolhas e por isso trabalhamos dentro dos seus sistemas, ao mesmo tempo que procuramos libertá-los deles
 — continuou Papai.117

— Mack, o sistema do mundo é o que é. As instituições, as ideologias e todos os esforços vãos e inúteis da humanidade estão em toda parte e é impossível deixar de interagir com tudo isso. Mas eu posso lhe dar liberdade para superar qualquer sistema de poder em que você se encontre, seja ele religioso, econômico, social ou político. Você terá uma liberdade cada vez maior de estar dentro ou fora de todos os tipos de sistemas e de se mover livremente entre eles. Juntos, você e eu podemos estar dentro do sistema e não fazer parte dele.172


7- A cabana ensina que não há hierarquia na Trindade?
Na verdade A Cabana nega uma hierarquia de poder, de imposição:

"— Quero dizer — continuou Mack rapidamente —, sempre pensei em Deus, o Pai, como uma espécie de chefe, e em Jesus como o que seguia as ordens, vocês sabem, sendo obediente. Não sei exatamente como o Espírito Santo se encaixa. Ele... quero dizer, ela... ah... — Mack tentou não olhar para Sarayu enquanto procurava as palavras. — Tanto faz, o Espírito sempre me pareceu meio... é...

— Vocês sabem do que estou falando. 
— Mack ficou meio frustrado. — Estou falando de quem está no comando. Vocês não têm uma cadeia de comando? 
— Cadeia de comando? Isso parece medonho! — disse Jesus.
 — No mínimo opressivo — acrescentou Papai, enquanto os outros dois começavam a rir.
 Então, virando-se para Mack, cantou: — "Mesmo sendo correntes de ouro, ainda são correntes." 
... 
— Mackenzie, não existe conceito de autoridade superior entre nós, apenas de unidade. Estamos num círculo de relacionamento e não numa cadeia de comando. O que você está vendo aqui é um relacionamento sem qualquer camada de poder. Não precisamos exercer poder um sobre o outro porque sempre estamos procurando o melhor. A hierarquia não faria sentido entre nós. Na verdade, isso é um problema de vocês, não nosso. — Verdade?" p. 115

"...Raramente vocês vivem o relacionamento fora do poder. A hierarquia impõe leis e regras e vocês acabam perdendo a maravilha do relacionamento que nós pretendemos para vocês.116

Na verdade biblicamente passou haver uma "herarquia" TEMPORÁRIA, mas sem nenhuma imposição de poder, mas uma ação de amor em conjunto, por causa do plano da Redenção, no qual Jesus se torna homem, tornando-se menor que os anjos e logicamente menor que o Pai:
6  o qual, subsistindo em forma [NATUREZA] de Deus, não julgou que o ser igual a Deus fosse coisa de que não devesse abrir mão,
7  mas esvaziou-se, tomando a forma de servo, feito semelhante aos homens;

8  e sendo reconhecido como homem, humilhou-se, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.


Hb 2:6  antes, alguém, em certo lugar, deu pleno testemunho, dizendo: Que é o homem, que dele te lembres? Ou o filho do homem, que o visites?
7  Fizeste-o, por um pouco, menor que os anjos, de glória e de honra o coroaste e o constituíste sobre as obras das tuas mãos.
8  Todas as coisas sujeitaste debaixo dos seus pés. Ora, desde que lhe sujeitou todas as coisas, nada deixou fora do seu domínio. Agora, porém, ainda não vemos todas as coisas a ele sujeitas;
9  vemos, todavia, aquele que, por um pouco, tendo sido feito menor que os anjos, Jesus, por causa do sofrimento da morte, foi coroado de glória e de honra, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todo homem.

João 14:28  Ouvistes que eu vos disse: vou e volto para junto de vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.


1 Coríntios 11:3  Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo.


8- A Cabana é contra o Cristianismo e  as igrejas Cristãs?
Não.
A Cabana faz um contraste entre sistemas de poder x relacionamento:
— Por mais bem-intencionada que seja, você sabe que a máquina religiosa é capaz de engolir as pessoas! — disse Jesus, num tom meio cortante. — Uma quantidade enorme das coisas que são feitas em meu nome não têm nada a ver comigo. E freqüentemente são muito contrárias aos meus propósitos. — Você não gosta muito de religião e de instituições? — perguntou Mack, sem saber se estava fazendo uma pergunta ou uma afirmação.
Eu não crio instituições. Nunca criei, nunca criarei.
— E a instituição do casamento?
— O casamento não é uma instituição. É um relacionamento.
— Jesus fez uma pausa e retomou, com a voz firme e paciente: — Como eu disse, não crio instituições. Essa é uma ocupação dos que querem brincar de Deus. Portanto, não, não gosto muito de religiões e também não gosto de política nem de economia....p. 170
 — Mack, o sistema do mundo é o que é. As instituições, as ideologias e todos os esforços vãos e inúteis da humanidade estão em toda parte e é impossível deixar de interagir com tudo isso. Mas eu posso lhe dar liberdade para superar qualquer sistema de poder em que você se encontre, seja ele religioso, econômico, social ou político. Você terá uma liberdade cada vez maior de estar dentro ou fora de todos os tipos de sistemas e de se mover livremente entre eles. Juntos, você e eu podemos estar dentro do sistema e não fazer parte dele.
 — Mas tanta gente de quem eu gosto parece fazer parte do sistema! — Mack estava pensando nos amigos, nas pessoas da igreja que haviam expressado amor por ele e por sua família. Sabia que elas amavam Jesus, mas que também eram totalmente vendidas para a atividade religiosa e o patriotismo.
— Mack, eu as amo. E você comete um erro julgando-as. Devemos encontrar modos de amar e servir os que estão dentro do sistema, não acha? Lembre-se, as pessoas que me conhecem são aquelas que estão livres para viver e amar sem qualquer compromisso"
p. 172

9- A cabana aprova todas as religiões? 
Não.  
Ela mostra que há pessoas em todas as religiões e que estas se tornarão filhos e filhas de Deus, pois Deus irá ao encontro delas.
Porém o autor é universalista, isto é, crê que todos serão salvos. Ver pergunta 12

— Os que me amam estão em todos os sistemas que existem. São budistas ou mórmons, batistas ou muçulmanos, democratas, republicanos e muitos que não votam nem fazem parte de qualquer instituição religiosa. Tenho seguidores que foram assassinos e muitos que eram hipócritas. Há banqueiros, jogadores, americanos e iraquianos, judeus e palestinos. Não tenho desejo de torná-los cristãos, mas quero me juntar a eles em seu processo para se transformarem em filhos e filhas do Papai, em irmãos e irmãs, em meus amados. 
— Isso significa que todas as estradas levam a você? 
De jeito nenhum — sorriu Jesus enquanto estendia a mão para a porta da oficina. — A maioria das estradas não leva a lugar nenhum. O que isso significa é que eu viajarei por qualquer estrada para encontrar vocês.p. 173
10- A Cabana ensina que Jesus não quer que sejamos cristãos, no sentido de seguidores de Cristo?
Não. Pois o termo Cristão no sentido etmológico signiifca seguidor de Cristo
Ela na verdade usa o termo cristão no sentido de cristão nominal, uma pessoa sem relacionamento com Deus.
A cabana faz contraste entre ser filho de Deus e ser cristão, e assim usa o termo cristão apenas no sentido nominal:
Tenho seguidores que foram assassinos e muitos que eram hipócritas. Há banqueiros, jogadores, americanos e iraquianos, judeus e palestinos. Não tenho desejo de torná-los cristãos, mas quero me juntar a eles em seu processo para se transformarem em filhos e filhas do Papai, em irmãos e irmãs, em meus amados.p. 173
Em outro livro o mesmo autor comenta:
Se a antiga descrição do "cristinho' fosse a definição de cristão hoje, eu aceitaria de todo o coração e a adotaria como categoria - e o faria como integrante de todas as esforçadas comunidades de seguidores de Jesus, seja no séc. 1, seja no XXI.(As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017 p. 34)


11- A Cabana nega que Jesus seja cristão?
Depende o que se entende como Cristão.

— Quem disse alguma coisa sobre ser cristão? Eu não sou cristão. A idéia pareceu estranha e inesperada para Mack e ele não pôde evitar uma risada. — Não, acho que não é. p. 172
Em outro livro do mesmo autor:

Então, afinal, Deus é cristão? Se você está considerando que ser cristão é separar e tratar as pessoas de diversas denominações, fés e modos de pensar como gente de fora até que elas façam oração especial para 'entrar'...então é claro que não. Se você está considerando que sr cristão é entender que Deus se identifica com todos como pessoas amadas, não separadas de nada, ainda que completamente ignorantes e sofredoras, e que ele nos ama e encontra sempre maneiras de nos levar a descobrir Jesus como nosso único caminho, verdade e vida...então é claro que sim. As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017p. 33

Na verdade é impossível Jesus ser seguidor de si mesmo. Assim não tem sentido dizer que Jesus é cristão ou não!


12- A cabana é universalista? 
— De jeito nenhum — sorriu Jesus enquanto estendia a mão para a porta da oficina. — A maioria das estradas não leva a lugar nenhum. O que isso significa é que eu viajarei por qualquer estrada para encontrar vocês.p. 173
Sim. Mas não deixa isso subtendido no trecho acima, veja o que diz o autor em seu site:
"Não, não acredito que todos os caminhos conduzam a Deus, mas acredito que Deus desça qualquer caminho para nos encontrar - o que eu indiquei claramente em The Shack [A Cabana]. Caso contrário, a Encarnação e a Paixão de Jesus não terão sentido.Sim, acredito que o que Deus realizou no poder do Espírito Santo, nos efeitos de morte, ressurreição e ascensão de Jesus e inclui todo o cosmos e todo ser humano jamais concebido.Afirmei isso claramente em Lies We Believe About God..  http://wmpaulyoung.com/shack-teach-universalism/
 No outro livro ele declarou abertamente o universalismo:
"A Boa Nova não é que Jesus criou a possibilidade de salvação e você convidado a recebê-lo em sua vida. O Evangelho é que Jesus  incluiu você na vida dele...A Boa Nova é que Jesus fez isto sem pedir usa opinião, e o fato de você acreditar ou não em nada altera esta verdade ...a fé salvadora não é nossa fé, mas a fé de Jesus....
Será que estou sugerindo que todos já estamos salvos? Que acredito na salvação universal?
è exatamente isso que estou dizendo!...todos os seres humanos estão em Cristo Jo 1:3 e Cristo está neles...Não oferecemos a ninguém o que  já lhe foi dado..."
As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017 p. 70-73
 É necessário crer  para ser salvo:
Jo 3:8  Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
19  O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.

5  Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.

Rm 4:1 ¶ Que, pois, diremos ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne?
2  Porque, se Abraão foi justificado por obras, tem de que se gloriar, porém não diante de Deus.
3  Pois que diz a Escritura? Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça.

Romanos 3:22  justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos e sobre todos os que crêem; porque não há distinção,

Romanos 3:25  a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos;

Romanos 3:30  visto que Deus é um só, o qual justificará, por fé, o circunciso e, mediante a fé, o incircunciso.

Romanos 5:1  Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo;

Romanos 11:20  Bem! Pela sua incredulidade, foram quebrados; tu, porém, mediante a fé, estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme.
Gálatas 2:16  sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus, também temos crido em Cristo Jesus, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo e não por obras da lei, pois, por obras da lei, ninguém será justificado.

Gálatas 3:22  Mas a Escritura encerrou tudo sob o pecado, para que, mediante a fé em Jesus Cristo, fosse a promessa concedida aos que crêem.

Gálatas 3:26  Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;

Efésios 2:8  Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus;

Efésios 3:12  pelo qual temos ousadia e acesso com confiança, mediante a fé nele.

Filipenses 3:9  e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé;

Colossenses 2:12  tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos.

1 Pedro 1:5  que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo.

Os perdidos já estão condenados para sempre, ver pergunta 15

13- A cabana ensina que já estamos perdoados incondicionalmente?
Sim. Pois o autor é universalista.
— Por favor, perdoe-me — disse finalmente.
Já fiz isso há muito tempo, Mack. Se não acredita, pergunte a Jesus. Ele estava lá
... — Querido, eu também o perdoei por pensar que eu poderia ser assim p. 181
 ...Em Jesus eu perdoei todos os humanos por seus pecados contra mim, mas só alguns escolheram relacionar-se comigo.p. 213
 ...Quando você perdoa alguém, certamente liberta essa pessoa do julgamento,... p. 214
Para tomarmos posse do perdão garantido por Jesus devemos nos arrepender:
 1 João 1:9  Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
Atos 22:16  E agora, por que te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dele

14- A Cabana ensina que todos são filhos de Deus?
Sim.
 ...como posso perdoar aquele filho da puta que matou minha Missy?
 Ele também é meu filho. Quero redimi-lo
— Você não tem relacionamento com esse homem, pelo menos ainda não tem. O perdão não estabelece um relacionamento. Em Jesus eu perdoei todos os humanos por seus pecados contra mim, mas só alguns escolheram relacionar-se comigo.p. 213
No outro livro o mesmo autor confessa que um ateu é filho de Deus e cita versículos
...Matt se declara ateu......Acontece que, além de acrditar no Amor, Matt também acredita na Vida e na Verdade. Nada mau para um descrente.Mas isto faz dele um filho de Deus?Não, não faz. Ele já era filho de Deus.As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017, p. 120-121
Todos os seres humanos...todos são filhos de Deus...p. 122
No N.T , em Atos 17:28-29, Paulo apóstolo escreve que nele vivemos, nos movemos e existmos, como disseram alguns dos poetas de vocês: 'Também somos descendência dele' ...E em Efésios 4:5-6 'um só Senhor, uma só fé,  um só batismo, um só Deus, e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos"As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017, p. 121-122
Ser geração de Deus ou ser criatura não é o mesmo que ser filho de Deus no sentido bíblico, pois para ser filho de Deus é preciso estar em aliança com ele, e quem não está é filho do diabo:



João 1:12  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;

Gálatas 3:26  Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;

1 João 3:10  Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.


João 8:44  Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.

 Deus é Pai de todos que crêem, nele.

15- A Cabana ensina que não há inferno?
Sim. Mas de maneira velada:
— Não sou quem você pensa, Mackenzie. Não preciso castigar as pessoas pelos pecados. O pecado é o próprio castigo, pois devora as pessoas por dentro. Meu objetivo não é castigar. Minha alegria é curar. p. 113
...Em Jesus eu perdoei todos os humanos por seus pecados contra mim, mas só alguns escolheram relacionar-se comigo.p. 213
 ...Quando você perdoa alguém, certamente liberta essa pessoa do julgamento,... p. 214
  Era absolutamente impossível condenar Katie ou qualquer um dos outros a uma eternidade no inferno simplesmente porque ela havia pecado contra ele. Mesmo que Katie, Josh, Jon ou Tyler cometessem algum crime hediondo, ele não faria isso. Não podia! Para ele, isso não tinha relação com o desempenho dos filhos. Tinha a ver com seu amor por eles.
— Não posso. Não posso. Não vou! — gritou ele, e agora as palavras e emoções saíram num jorro. A mulher simplesmente ficou parada, esperando. Por fim ele a encarou, implorando com os olhos. — Eu não posso ir no lugar deles? Se vocês precisam de alguém para torturar por toda a eternidade, eu vou no lugar deles. Pode ser? Eu poderia fazer isso? — Caiu aos pés dela, chorando e implorando. — Por favor, deixe-me ir no lugar dos meus filhos, por favor, eu ficaria feliz em... Por favor, estou implorando. Por favor... Por favor...
— Mackenzie, Mackenzie — sussurrou a mulher, e suas palavras vieram como um jato de água fria num dia de calor brutal. Suas mãos tocaram gentilmente o rosto dele enquanto ela o punha de pé. Olhando-a através de lágrimas turvas, ele pôde ver que o sorriso da mulher era radiante. — Agora você está falando como Jesus. Você julgou bem, Mackenzie. Estou orgulhosa!
— Mas eu não julguei nada — disse Mack, confuso. — Ah, julgou sim. Você julgou que eles são merecedores de amor, mesmo que isso lhe custe tudo. É assim que Jesus ama... p. 153-154

No outro livro ele nega abertamente citando Rm 8:38-39 
Porque eu estou convencido de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os demônios, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes,
39  nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. ...O que está na lista -sem esquecer que ela inclui 'qualquer outra coisa na criação' e qualquer 'futuro'?
Nada. não há nada fora da lista.
Você é algo criado, portanto não tem o poder de se separar do amor de Deus. E
 o que quer que o inferno seja, se é algo criado, não poderá nos separar do amor de DeuspAs mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017, p.80
Ele muda o significado de inferno:
Talvez o inferno seja inferno não pela ausencia de Deus, mas pela presença de Deus, a presença contínua e confrontadora do Amor, da bondade e da Liberdade que pretendem destruir todo vestígio do mal e das trevas que nos impedem de sermos totalmente livres e totalmente vivos. É um fogo do Amor que agora e para sempre está a nosso favor As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017, p. 81 
O inferno na verdade é danação eterna, mas uma tortura na consciência:

Apocalipse 20:10  O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.

2 Ts 1:9  Estes sofrerão penalidade de eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder,

Mateus 18:8  Portanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno.

Mateus 25:41  Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.

Mateus 8:12  Ao passo que os filhos do reino serão lançados para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes.


Lucas 13:28  Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes, no reino de Deus, Abraão, Isaque, Jacó e todos os profetas, mas vós, lançados fora.

Rm 2:15  Estes mostram a norma da lei gravada no seu coração, testemunhando-lhes também a consciência e os seus pensamentos, mutuamente acusando-se ou defendendo-se,

16  no dia em que Deus, por meio de Cristo Jesus, julgar os segredos dos homens, de conformidade com o meu evangelho.

O inferno é uma ato de justiça, mas também expressão de amor
http://igrejaadventistanamiradaverdade.blogspot.com.br/2013/07/inferno-expressao-do-amor-de-deus.html


Conclusão:
O inferno não é uma câmara de de tortura e sim uma expressão de justiça, respeito e amor intrínseco de Deus aos que escolhem viver uma vida sem Deus


BIBLIOGRAFIA:
Encontre Deus na Cabana. Randal Rauser, São Paulo: Planteta, 2010.
A Cabana. W. P. Young. São Paulo: Arqueiro, 2017.
Deus e a Cabana. Roger E. Olson. Rio de Janeiro,Thomas Nelson Brasil, 2009. 
As mentiras que nos contaram sobre Deus.W. P. Young. Rio de Janeiro: Sextante, 2017
 http://wmpaulyoung.com/shack-teach-universalism/
http://www.newadvent.org/cathen/10448a.htm

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Por que Jesus não foi abandonado na cruz?

Image result for jesus abandonado na cruz

Jesus se tornou pecador ou recebeu a culpa (se tornou culpado) de nossos pecados?
2 Coríntios 5:21  Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado  [hamartia] por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.

Jesus foi amaldiçoado?

Gálatas 3:13  Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro),

Jesus foi desamparado?
Mateus 27:46 Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni? O que quer dizer: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

O salário do pecado é a morte física?

Rm 6:23  porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Veja abaixo porque estas quatro perguntas tem um NÃO.


O sacrifício de Jesus foi vicário* em dois sentidos:
  • Jesus fez em nosso favor (no sentido de sermos os beneficiários)
  • Jesus fez em nosso lugar (no sentido de que ele nos substituiu ao  (ou para) satisfazer a justiça de Deus)
*Que substitui alguém ou algo.
O sacrifício de Jesus  cancela:
  •  a culpa, 
  • a penalidade 
  • e nos torna justos diante de Deus.

Jesus não sofreu nem a pena e nem a consequência natural dos nossos pecados (a separação de Deus), logo não foi desamparado!!

Jesus sofreu em consequência em função dele se tornar a solução para os nosso pecados:


1-O pecado não pode ser transferido
Pecado é o nome que damos a um erro moral, a uma transgressão da lei de Deus.
Logo o pecado não é um ser (material ou imaterial). 
Sendo assim, não pode ser transferido.



2- Consequentemente ele não pode ser imputado a outra pessoa

Ez 18:4  Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá.


3- Cada pessoa que peca sofre a consequencia  natural IMEDIATA de seu pecado, a morte espiritual, a separação de Deus
Gálatas 6:23 não se refere a morte física:
Gn 2:17  mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás. (e de fato Adão e Eva entraram em estado de separação, culpa e malícia após a queda)

Rm 9:8  Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, despertou em mim toda sorte de concupiscência; porque, sem lei, está morto o pecado.
9  Outrora, sem a lei, eu vivia; mas, sobrevindo o preceito, reviveu o pecado, e eu morri.
10  E o mandamento que me fora para vida, verifiquei que este mesmo se me tornou para morte.
11  Porque o pecado, prevalecendo-se do mandamento, pelo mesmo mandamento, me enganou e me matou

Tiago 1:15  Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecadouma vez consumado, gera a morte.

Efésios 2:1  Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados,

Efésios 2:5  e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, —pela graça sois salvos,

Romanos 5:12  Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.

4- A morte física é  consequência da expulsão do Jardim do Éden.
Se Adão e Eva continuassem a ter acesso á árvore da vida, eles mesmo na condição pecamininosa em que se encontravam não morreriam fisicamente.
Gn 3:22 ¶ Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal; assim, que não estenda a mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva eternamente.
23  O SENHOR Deus, por isso, o lançou fora do jardim do Éden, a fim de lavrar a terra de que fora tomado.
24  E, expulso o homem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida.


1 Coríntios 15:21  Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos.


5- A lei exigia um substituto do pecador para que este fosse aceito. Um animal (que representa Jesus)
Lv 1:4  E porá a mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação



6- A lei exigia como redenção o sangue INOCENTE derramado, e nenhum homem é inocente

Levítico 17:11  Porque a vida da carne está no sangue. Eu vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pela vossa alma, porquanto é sangue que fará expiação em virtude da vida.

Levítico 4:20  e fará a este novilho como fez ao novilho da oferta pelo pecado; assim lhe fará, e o sacerdote por eles fará expiação, e eles serão perdoados.

Hebreus 9:22  Com efeito, quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e, sem derramamento de sangue, não há remissão.

Ou seja, a morte do animal não representa a morte do pecador,  pois a lei exigia derramamento de sangue inocente!




7-Jesus pagou o preço do pecado com seu sangue derramado. Isto se chama redenção (pagar o preço)
1 Coríntios 6:20  Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.

1 Coríntios 7:23  Por preço fostes comprados; não vos torneis escravos de homens.

1 Tm 2:6  o qual a si mesmo se deu em resgate por todos: testemunho que se deve prestar em tempos oportunos.

Efésios 1:7  no qual temos redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça,
Romanos 3:25  a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos;

Hebreus 9:13  Portanto, se o sangue de bodes e de touros e a cinza de uma novilha, aspergidos sobre os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne,

Hebreus 9:14  muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo!

Hebreus 13:12  Por isso, foi que também Jesus, para santificar o povo, pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta.

Colossenses 1:20  e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.


1 João 1:7  Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.
Apocalipse 1:5  e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados,
Apocalipse 5:9  e entoavam novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação

8-Jesus morreu por nossa causa. Ele sofreu por nossa causa  , o derramamento de sangue. 
IS 53:8  Por juízo opressor foi arrebatado, e de sua linhagem, quem dela cogitou? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo, foi ele ferido.
5  Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
6  Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.

1 Ts 5:10  que morreu por nós para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos em união com ele.

1 Pedro 3:18  Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecadoso justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito,

1 Pedro 2:21  Porque para isto sois chamados, pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas,

8- Jesus obedeceu a lei pro nós e dele re 

9- A morte dos animais não representava a morte do pecador e sim a morte de Cristo

Os animais eram inocentes
Todo homem, exceto Jesus é pecador.
Logo o animal representa alguém sem defeito algum, inocente.
O único homem inocente foi Jesus.
Logo os animais que eram sacrificados eram tipos (símbolos de Jesus)
Êxodo 12:5  O cordeiro será sem defeito, macho de um ano; podereis tomar um cordeiro ou um cabrito
1 Pe 1:19  mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo,

João 1:29  No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

Hb 10:1 ¶ Ora, visto que a lei tem sombra dos bens vindouros, não a imagem real das coisas, nunca jamais pode tornar perfeitos os ofertantes, com os mesmos sacrifícios que, ano após ano, perpetuamente, eles oferecem.
2  Doutra sorte, não teriam cessado de ser oferecidos, porquanto os que prestam culto, tendo sido purificados uma vez por todas, não mais teriam consciência de pecados?
3  Entretanto, nesses sacrifícios faz-se recordação de pecados todos os anos,
4  porque é impossível que o sangue de touros e de bodes remova pecados.
5  Por isso, ao entrar no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste; antes, um corpo me formaste;
6  não te deleitaste com holocaustos e ofertas pelo pecado.
7 ¶ Então, eu disse: Eis aqui estou (no rolo do livro está escrito a meu respeito), para fazer, ó Deus, a tua vontade.
8  Depois de dizer, como acima: Sacrifícios e ofertas não quiseste, nem holocaustos e oblações pelo pecado, nem com isto te deleitaste (coisas que se oferecem segundo a lei),
9  então, acrescentou: Eis aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade. Remove o primeiro para estabelecer o segundo.
10  Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas.


10- Jesus cumpriu a lei de Deus /a justiça foi cumprida
Rm 5:9  Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos.

Rm 8:3  Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne [incapaz de obedecer os mandamentos], isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado

Rm 2:13  Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.


A fé é atribuída como justiça/ a justiça é uma dádiva da graça

1 Coríntios 1:30  Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção,
Romanos 3:21  Mas agora, sem lei, se manifestou a justiça de Deus testemunhada pela lei e pelos profetas;
Romanos 3:22  justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos e sobre todos os que crêem; porque não há distinção,
Rm 3:24  sendo justificados gratuitamente, por sua graçamediante a redenção que há em Cristo Jesus,
25  a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos;
26  tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.


Romanos 4:5  Mas, ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça.
Romanos 4:6  E é assim também que Davi declara ser bem-aventurado o homem a quem Deus atribui justiça, independentemente de obras:

Romanos 4:13  Não foi por intermédio da lei que a Abraão ou a sua descendência coube a promessa de ser herdeiro do mundo, e sim mediante a justiça da fé.


Romanos 4:11  E recebeu o sinal da circuncisão como selo da justiça da fé que teve quando ainda incircunciso; para vir a ser o pai de todos os que crêem, embora não circuncidados, a fim de que lhes fosse imputada a justiça
Romanos 5:17  Se, pela ofensa de um e por meio de um só, reinou a morte, muito mais os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça reinarão em vida por meio de um só, a saber, Jesus Cristo.
Romanos 5:18  Pois assim como, por uma só ofensa, veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também, por um só ato de justiça, veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida

Romanos 9:31  e Israel, que buscava a lei de justiça, não chegou a atingir essa lei.

Gálatas 2:21  Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão
Gálatas 3:21  É, porventura, a lei contrária às promessas de Deus? De modo nenhum! Porque, se fosse promulgada uma lei que pudesse dar vida, a justiça, na verdade, seria procedente de lei.

Gálatas 5:5  Porque nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.

Filipenses 3:9  e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé;

2 Pedro 1:1  Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco obtiveram fé igualmente preciosa na justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo,

"Obediência ativa: ...É necessário que o homem seja encontrado justo diante de Deus, para merecer a vida eterna, porém isso lhe é impossível por causa de sua incapacidade de obedecer a Deus plenamente.
Cristo por sua vez fez isso, Jesus tinha de viver uma vida perfeita de obediência a Deus a fim de que pudesse obter justiça por nós. Cristo tinha de obedecer à lei ao longo de toda a sua vida por nós, de modo que os méritos de sua perfeita obediência fossem contados em nosso favor. Fl 3.9.
O apóstolo Paulo sabia que o que ele precisava era de uma justiça moral positiva, e isso não podia vir dele mesmo, mas somente por intermédio de Jesus. 1Co1.30. Rm5.19.
Cristo não morreu ‘simplesmente’ por nossos pecados, ele fez muito mais do que isso, ele guardou todos os princípios da lei de Deus, não tropeçando em nenhum deles para assim oferecer justiça diante de Deus por nós. Grudem nos mostra isso dizendo:
“Alguns teólogos não têm ensinado que Cristo precisava manter um registro vitalício de obediência perfeita por nós. Têm enfatizado apenas que Cristo tinha de morrer e, dessa forma, receber o castigo pelos nossos pecados. Mas tal posição não explica de modo adequado por que Cristo fez mais do que apenas morrer por nós; ele também se tornou nossa justiça diante de Deus. Jesus disse a João Batista, antes de ser batizado por ele: convém cumprir toda a justiça Mt 3.15”.[4]
Se Cristo não tivesse prestado uma obediência ativa, a própria natureza humana de Jesus teria ficado aquém das justas exigências de Deus, e Cristo não teria competência para fazer expiação a favor de outros.
Jesus não tinha nenhuma necessidade de viver vida de obediência perfeita para Seu próprio bem, ele havia compartilhado amor e comunhão com o Pai  por toda a eternidade e era o seu próprio caráter eternamente digno da boa vontade e deleite do Pai. Então por que é que Jesus teve de colocar-se como cumpridor de todos os princípios da lei?
Por nossa causa, para cumprir aquilo que não pudemos fazer, para fazer por nós o que não temos competência para fazermos por nós mesmos. Se ele não tivesse obedecido por nós, jamais poderíamos receber o favor de Deus. Rm10.3-4; 8.3-4; 2Co5.21." http://www.ipbetania.org.br/teoria-da-substituicao-penal/
Em resumo:
O sacrifício de Jesus foi vicário, em nosso favor e em nosso lugar pois substiuiu por nós a exigênica da lei:
  • Jesus satisfez a justiça de Deus em nosso lugar
  • Jesus deu a si mesmo como preço da nossa redenção
  • Jesus sofreu em consequencia do nosso pecado
  • Mas Jesus não recebeu nossa culpa!


11- Mt 27:46-  Jesus não recebeu literalmente os pecados da humanidade

Mt 27:46  Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni? O que quer dizer: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

Mt 27:46 é citação do Salmo 22 , um salmo messiânico, que por sua vez não ensina que o Messias foi abandonado. Este é um Salmo de Triunfo, no qual a pessoa aparentemente está abandonada. Em nenhum momento o Salmo cita pecado como causa de separação entre Deus e o Messias ou entre Deus e o salmista.
No século XX recorda-se o costume judeu de citar somente as primeiras palavras de um versículo longo, mas pensando no todo. Neste caso Jesus teria orado todo o Sl 22, que é um cântico de triunfo (Stauffer, Jesus, p 103,106; Bornhauser, Leidensgeschichte, p 126,190ss). (Comentário Bíblico Esperança. Curitiba :Editora Evangélica Esperança)
 "O propósito de Marcos ao dar nos esse registro é fazer alusão ao Salmos 22:1, de modo que ficasse retratado um Jesus que é sofredor inocente, justo, perseguido injustamente por seus inimigos, e que apela a Deus. Tal alusão revela o verdadeiro caráter de Jesus face ao ridículo, e das falsas acusações partidas dos lábios dos circunstantes." (Novo Comentário Bíblico Contempoorâneo - Marcos.São Pualo: Vida , 1995)p. 294
  • salmista pensou inicialmente que estava abandonado
  • Os seus inimigos zombavam e o acusavam de estar abandonado
  • Mas no fim ele percebeu que nunca foi abandonado e que sua oração foi ouvida e Deus não virou as costas para ele.
1 ¶ Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que se acham longe de minha salvação as palavras de meu bramido?
2  Deus meu, clamo de dia, e não me respondes; também de noite, porém não tenho sossego.
3  Contudo, tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel.
4  Nossos pais confiaram em ti; confiaram, e os livraste.
5  A ti clamaram e se livraram; confiaram em ti e não foram confundidos.
6  Mas eu sou verme e não homem; opróbrio dos homens e desprezado do povo.
7  Todos os que me vêem zombam de mimafrouxam os lábios e meneiam a cabeça:
8  Confiou no SENHOR! Livre-o ele; salve-o, pois nele tem prazer.
9  Contudo, tu és quem me fez nascer; e me preservaste, estando eu ainda ao seio de minha mãe.
10  A ti me entreguei desde o meu nascimento; desde o ventre de minha mãe, tu és meu Deus.
11 ¶ Não te distancies de mim, porque a tribulação está próxima, e não há quem me acuda.
12  Muitos touros me cercam, fortes touros de Basã me rodeiam.
13  Contra mim abrem a boca, como faz o leão que despedaça e ruge.
14  Derramei-me como água, e todos os meus ossos se desconjuntaram; meu coração fez-se como cera, derreteu-se dentro de mim.
15  Secou-se o meu vigor, como um caco de barro, e a língua se me apega ao céu da boca; assim, me deitas no pó da morte.
16  Cães me cercam; uma súcia de malfeitores me rodeia; traspassaram-me as mãos e os pés.
17  Posso contar todos os meus ossos; eles me estão olhando e encarando em mim.
18  Repartem entre si as minhas vestes e sobre a minha túnica deitam sortes.
19  Tu, porém, SENHOR, não te afastes de mim; força minha, apressa-te em socorrer-me.
20  Livra a minha alma da espada, e, das presas do cão, a minha vida.
21  Salva-me das fauces do leão e dos chifres dos búfalos; sim, tu me respondes.
22 ¶ A meus irmãos declararei o teu nome; cantar-te-ei louvores no meio da congregação;
23  vós que temeis o SENHOR, louvai-o; glorificai-o, vós todos, descendência de Jacó; reverenciai-o, vós todos, posteridade de Israel.
24  Pois não desprezou, nem abominou a dor do aflitonem ocultou dele o rosto, mas o ouviu, quando lhe gritou por socorro. 
Jesus citou em brado o Salmo pois:
  • retrata o cumprimento das profecias do Messias sofredor
  • mostra que as acusações de desamparo dos acusadores eram falsas
12- Jesus não demostrou abandono, antes comunhão com o Pai e chegou a interceder

Lucas 23:34  Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes.
42  E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino.
43  Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso

46  Então, Jesus clamou em alta voz: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito! E, dito isto, expirou.


13- Isaías 53 não prova que Jesus recebeu literalmente nossos pecados. È uma alusão a Lv 16 do ritual do dia da expiação e  ou ação mediadora sacerdotal

O termo "levar sobre si" não deve ser tomado literalmente, mas apenas no sentido de levar para longe o pecado. Jesus ao curar os enfermos levou sobre si as enfermidades das pessoas


Salmos 103:12  Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.

Levítico 16:21  Arão porá ambas as mãos sobre a cabeça do bode vivo e sobre ele confessará todas as iniqüidades dos filhos de Israel, todas as suas transgressões e todos os seus pecados; e os porá sobre a cabeça do bode e enviá-lo-á ao deserto, pela mão de um homem à disposição para isso
22  Assim, aquele bode levará sobre si todas as iniqüidades deles para terra solitária; e o homem soltará o bode no deserto


Lv 10:16  E Moisés diligentemente buscou o bode da expiação, e eis que já era queimado; portanto, indignou-se grandemente contra Eleazar e contra Itamar, os filhos que de Arão ficaram, dizendo:
17  Por que não comestes a oferta pela expiação do pecado no lugar santo? Pois uma coisa santíssima é e o SENHOR a deu a vós, para que levásseis a iniqüidade da congregação, para fazer expiação por eles diante do SENHOR.


Isaías 53:4  Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.

Isaías 53:12  Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu.

Mt 8:16  Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele meramente com a palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes;
17  para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou com as nossas doenças.

mesma expressão que se usa para as enfermidades se usa para os pecados, "levou sobre si".
Jesus não carregou sobre seu corpo as doenças das pessoas e de igual forma não poderia  receber sobre si pecados:
Primeiro porque a expressão significa levar para longe,  tirar.
Segundo porque não é possivel  se transferir algo que não é um ser (vide 1)
Ou seja, O Messias tirou o pecado da humanidade.

14- O brado de Jesus "Eli Eli lama sabactani" representa um brado de triunfo Sl 22 dentro de seu contexto original

 No século XX recorda-se o costume judeu de citar somente as primeiras palavras de um versículo longo, mas pensando no todo. Neste caso Jesus teria orado todo o Sl 22, que é um cântico de triunfo (Stauffer, Jesus, p 103,106; Bornhauser, Leidensgeschichte, p 126,190ss). (Comentário Bíblico Esperança. Curitiba :Editora Evangélica Esperança)
Sente-se que as palavras dão a entender um abandono da parte de Deus, o que é incompatível com a crença na divindade de Cristo, e uma falta da confiança da parte de Jesus. Mesmo assim, Mateus e Marcos não se esquivam de registrá-las. ..Pode-se, no entanto, levar ainda mais adiante os paralelos com Salmo 22. G. Dalmansugeriu que, para os judeus, as palavras iniciais eram reconhecidas como oração eficaz pelo socorro, à luz da parte posterior do Salmo (Jesus-Jeshua, 1929, 206). O Salmista sobrevive sua desolação do momento, para louvar a Deus na congregação (v. 22; cf. Hb 2:12). Todos os confins se lembrarão do Senhor e se voltarão a Ele (v. 27). O domínio pertence ao Senhor, e Ele rege sobre as nações (v. 28). A posteridade O servirá e proclamará a Sua libertação a um povo que ainda nasceu (w. 30-31). Se podemos considerar a parte anterior do Salmo cumprida na morte de Jesus, a parte posterior pode ser considerada cumprida na revelação do Cristo ressuscitado, na Grande Comissão para evangelizar (Mt 28:16-20).(Dicionário internacional de teologia do Novo Testamento / Colin Brown. São Paulo: Vida Nova, 2000, p.571
 Grande número de intérpretes recentes interpreta o clamor contra o pano de fundo do salmo 22 completo, o qual Mateus 27.45-50 começa com esse sentimento de desolação e termina com a triunfante vindicação do sofredor justo. A principal dificuldade com isso é que, embora os textos do Antigo Testamento sejam frequentemente citados com seu contexto completo em mente, eles não são nunca citados dessa forma em que o contexto do Antigo Testamento anula de forma eficaz o que o próprio texto afirma (Bonnard; Moo, “Use of OT” [“Uso do AT”], p. 272). Se o contexto de Salmos 22 for carregado com a referência atual a Salmos 22.1, o leitor do evangelho tem de entender que a vindicação vem com a ressurreição em Mateus 28, não que o clamor de Jesus reflete plena confiança, em vez de obscuro desespero.
(O comentário de Mateus / D.A. Carson ; São Paulo : Shedd Publicações, 2010.)
O erro de Carson é dizer que o texto afirma o abandono de Jesus. Sendo que Jesus cita um Salmo que mostra que não houve abandono!!

15- Jesus não se tornou pecado
2 Coríntios 5:21  Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado  [hamartia] por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.
  • Jesus era a oferta pelo pecado, para anular o pecado
Isaías 53:10  Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do SENHOR prosperará nas suas mãos.

Hebreus 9:26  Ora, neste caso, seria necessário que ele tivesse sofrido muitas vezes desde a fundação do mundo; agora, porém, ao se cumprirem os tempos, se manifestou uma vez por todas, para aniquilar, pelo sacrifício de si mesmo, o pecado.

1 Pedro 3:18  Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecadoso justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito,

Romanos 8:3  Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado,
"Mas "pecado", isto é, o representante do pecador (vicariamente) do pecado agregado de todos os homens do passado, presente e futuro. O pecado do mundo é um, portanto  singular, e não o plural, é usado; Embora suas manifestações sejam múltiplas (#Joh 1:29). "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo". Compare "fez uma maldição para nós", #Ga 3:13. (Jamieson, Faussete, Broum commentary)

"Em Levíticus 4:24 e 5:12 na versão grega judaica LXX apalavra traduzida por pecado é utilizada como oferta pelo pecado" (Comentário Bíblico Vida Nova. São Paulo: Vida Nova, 1800, 2009)
Na LXX Is 53 o termo pecado também é usado como oferta pelo pecado,. por isso aparece em itálico, veja:

1437

εάνIf
1325δώτεyou should offer4012περίfor266αμαρτίαςa sin offering3588τηνthe thing






  • Jesus se tornou justiça e não pecado

1 Co 1:30  Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;
30 É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção,
Conclusão:
Jesus se fez oferta pelo pecado, constituindo a base para nossa justiça

16- Jesus não foi amaldiçoado por  supostamente estar com nossos pecados
Gl 3:10  Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las.
11  E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.
12  Ora, a lei não procede de fé, mas: Aquele que observar os seus preceitos por eles viverá.

13  Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro),


  • Se de fato houve alguma maldição., isto ocorreu pelo fato de Jesus ficar pendurado no madeiro, e não por causa dele tomar sobre si a culpa, se tornando culpado:

Deve ser observado, ao considerar os envolvimentos doutrinários desta passagem, que a maldição que caiu sobre Cristo não foi a mesma maldição que se descreveu acima como a conseqüência da culpa humana ao não cumprir os requisitos da Lei. Não é a penalidade acumulada por toda a massa de desobediência humana, mas sim uma impureza incidental, contraída por uma violação involuntária de um preceito cerimonial particular. A morte de Cristo envolveu uma maldição porque a maneira era por suspensão de uma cruz. Nada mais do que isso é dito.Cristo, sem pecado, morreu por homens pecadores. Se ele não tivesse morrido, eles deveriam ter morrido. E a sua morte agiu (de alguma maneira inescrutável) de modo a propiciar a ira de Deus. Mas não se diz que a carga real de culpa humana foi posta sobre eleNão se diz que Sua morte foi o castigo real dessa culpa. A morte de Cristo removeu a necessidade do castigo dos homens, mas não poderia ser considerada uma punição em relação ao próprio Cristo. (Ellicott's Commentary for English Readers)
  • A lei citada por Paulo faz referência não a inocentes, mas a pecadores condenados à morte. 
  • E a suspensão num madeiro era um agravamento da pena!
Gálatas 3:13  Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro),

Dt 21:22  Se alguém houver pecado, passível da pena de morte, e tiver sido morto, e o pendurares num madeiro,
23  o seu cadáver não permanecerá no madeiro durante a noite, mas, certamente, o enterrarás no mesmo dia; porquanto o que for pendurado no madeiro é maldito de Deus; assim, não contaminarás a terra que o SENHOR, teu Deus, te dá em herança.

Josué 10:26  Depois disto, Josué, ferindo-os, os matou e os pendurou em cinco madeiros; e ficaram eles pendentes dos madeiros até à tarde.
27  Ao pôr-do-sol, deu Josué ordem que os tirassem dos madeiros; e lançaram-nos na cova onde se tinham escondido e, na boca da cova, puseram grandes pedras que ainda lá se encontram até ao dia de hoje.

  • Jesus embora não tenha pecado morreu como se fosse um pecador, um maldito. Jesus morreu como se fosse um pecador amaldiçoado (ver 11)
  • Jesus foi condenado à pena de morte por blasfêmia, porém não blasfemou
Mt 26:63  Jesus, porém, guardou silêncio. E o sumo sacerdote lhe disse: Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus.
64  Respondeu-lhe Jesus: Tu o disseste; entretanto, eu vos declaro que, desde agora, vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso e vindo sobre as nuvens do céu.
65  Então, o sumo sacerdote rasgou as suas vestes, dizendo: Blasfemou! Que necessidade mais temos de testemunhas? Eis que ouvistes agora a blasfêmia!
66  Que vos parece? Responderam eles: É réu de morte.


  • Jesus foi contado como malfeitor, mas inocente
Mc 15:27  Com ele crucificaram dois ladrões, um à sua direita, e outro à sua esquerda.
28  E cumpriu-se a Escritura que diz: Com malfeitores foi contado .

Conclusão:
Aos olhos do povo estava ali um pecador, condenado e maldito.
"Assim como um cadáver de um criminoso  condenado carregava a maldição de Deus, assim Cristo, como um criminoso condenado e executado, foi publicamente exposto como alguém que levava sobre si o julgamento de Deus. Ele carregou a mesma vergonha de um criminoso executado e foi publicamente exibido como alguém amaldiçoado por Deus. Para nos livrar da maldição  da lei,  o próprio Jesus se tornou maldito"
Deuteronômio. Introdução e Comentário. São Paulo: Vida Nova,  p. 223, 1991. 


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
Novo Comentário Bíblico Contemporâneo - Marcos.São Paulo: Vida , 1995
Dicionário internacional de Teologia do Novo Testamento / Colin Brown. São Paulo: Vida Nova, 2000
Comentário Bíblico Esperança. Curitiba :Editora Evangélica Esperança
Comentário Bíblico Vida Nova. D. A. Carson.São Paulo: Vida Nova, 2009.
O comentário de Mateus / D.A. Carson ; São Paulo : Shedd Publicações, 2010.
Deuteronômio. Introdução e Comentário. São Paulo: Vida Nova, 1991